História Toys Cada Um é Cada Um

História envolvendo vocabulário de brinquedos em inglês para crianças até 09 anos.

Vocabulário:

 

  • Jump Rope /dʒʌmp roʊp/ = Corda de Pular
  • Kite /kaɪt/ = Pipa
  • Bike /baɪk/ = Bicicleta
  • Skateboard /ˈskeɪt.bɔːrd/ = Skate
  • Car /kɑːr/ = Carrinho
  • Ball /bɑːl/ = Bola
  • Yo-yo /ˈjoʊ.joʊ/ = Ioiô
  • Puzzle /ˈpʌz.l / = Quebra-cabeça
  • Robot /ˈroʊ.bɑːt/ = Robô
  • Doll /dɑːl/ = Boneca

 

 

 “Cada um é cada um”

 

(Patrícia Vieira Sanches)

Era uma vez, um quarto bastante bonito e alegre, que pertencia aos irmãos Mary e Peter. Sempre que eles saíam para ir a escola seus TOYS se reuniam para conversar.

Um dia enquanto todos os TOYS estavam brincavam juntos,  começaram a ouvir alguém chorando. Procuram por todo o quarto, até que encontraram, atrás da porta, três TOYS, a JUMP ROPE, a BIKE, e o KITE que estavam muito tristes.

Logo, chegaram a DOLL e o ROBOT para conversarem com TOYS que deixam as lagrimas caírem.

A DOLL, então questionou: -“HI FRIENDS, por que vocês estão tristes?”.

 

Perguntou o ROBOT: -“O que aconteceu?”.

 

-“Nós estamos tristes porque a Mary e Peter não querem mais brincar conosco!” – respondeu a JUMP ROPE.

-“É verdade, eles não nos levam para a escola no dia do brinquedo!” – concordou a BIKE.

-“Eles só gostam de brincar com vocês ROBOT e DOLL, eles levam vocês para todos os lugares que vão.” – reclamou a KITE.

-“Não é verdade, KITE, a Mary e o Peter gostam de vocês sim! Acontece que eles têm outros TOYS e por isso passam um tempo sem brincar com vocês.” – explicou a DOLL.

-“Mas eles só brincam com vocês.” – indagou a KITE.

 

-“Eles brincam mais comigo e com a DOLL porque nós somos mais fáceis  de brincar. As crianças só podem brincar com você KITE quando o tempo está bonito, sem chuva, e com vento forte, senão você não consegue ir lá para cima, não é?” – esclareceu o ROBOT.

-“Pensando por esse lado, você tem razão. Seria realmente perigoso brincar comigo na chuva.” – repensou a KITE.

-“Mas e eu?” – perguntou a JUMP ROPE.

-“No seu caso, JUMP ROPE, é preciso bastante espaço para que você não fique enroscada nos móveis da casa. Além disso, você é grande, as  crianças não conseguem brincar sozinhas com você, elas precisam de adultos para ajudar.” – ilustrou a DOLL.

Então complementou a BIKE: -“Já entendi, eu também preciso de espaço e dia bonito para brincar comigo, certo?”.

-“Isso mesmo! Além disso, você BIKE, a JUMP ROPE e a KITE não podem  ser transportadas tão facilmente como eu e a DOLL. Você e a JUMP ROPE são grandes e pesadas, e a KITE é muito delicada, por esse motivo, que vocês não podem ser levadas a escola.” – afirmou o ROBOT.

 

-“Eu sou toda de pano, e o ROBOT de plástico, então somos leves e podemos ser carregados na mochila.” – disse a DOLL.

E assim A JUMP ROPE, A KITE e a BIKE foram enxugando as lagrimas e deixando a tristeza de lado.

De repente, todos começaram a ouvir um grito descontrolado que ia se aproximando cada vez mais do quarto.

“AAaaaahhhhhhh!”…“AAaaaaaaaaahhhhhhh!”… “AAaaaaaaaaaaaaahhhhhhh!”… “Cuidaaaadoooooooo”.

Quando olharam para a direção da porta viram a BALL em cima do SKATEBOARD que estava sendo carregado pelo CAR. Eles vinham em direção dos TOYS e não tinham como parar, então bateram! Todos; o ROBOT, a DOLL, a  KITE, a  BIKE e a JUMP  ROPE, a  BALL, o     SKATEBOARD

foram para o chão!

A BALL coitada saiu rolando e quicando toda desorientada. -“Ai, ai, ai, onde estou?”

-“Óh Céus! O que é isso?”. Disse o ROBOT assustado.

-“Vocês quase me furaram!” – reclamou a KITE.

 

-“Pois é, quase furou meu pneu” – disse a BIKE.

-“E eu quase me enchi de nó!” – mostrou a JUMP ROPE.

 

-“Por que vocês estavam correndo assim?”. Perguntou a DOLL preocupada.

Então o SKATEBOARD respondeu: -“Eu estava carregando a BALL, quando minhas rodinhas travaram, então vi o CAR passando e pedi ajuda.”.

-“Eu acelerei para puxar o SKATEBOARD e a BALL com toda minha força, e perdi o controle. Desculpe, não quis derrubar vocês”. Disse o CAR cheio de remorso.

Mas logo veio outro TOY para ajudá-los a se levantarem, o YO-YO. Ele não era de falar muito, no entanto tinha boa vontade e muita agilidade com sua  cordinha  comprida.  Laçou  todos  os  TOYS  que  estavam  no  chão; o

 

ROBOT, a DOLL, a KITE, a BIKE, a JUMP ROPE, a BALL, o SKATEBOARD e

disse: -“HELLO FRIENDS, vocês precisam de uma mãozinha, ou devo dizer, de uma cordinha?”. Ajudando-os a ficarem em pé novamente.

-“THANK YOU, YO-YO”. Todos agradeceram.

-“Não precisam me agradecer, na verdade eu é que estou precisando da ajuda de vocês. Vocês querem me ajudar em uma missão muito  especial?”. Disse o YO-YO esperançoso.

-“YES!”. Todos responderam.

 

– “Bom, meus FRIENDS, o PUZZLE, eles se perderam, e o Peter e a Mary só podem brincar com eles se estiverem completos, e se todas as pecinhas estiverem guardadas no mesmo lugar. Vocês me ajudam a encontrá-las?”. Perguntou o YO-YO.

-“YES!”. E lá se foram o ROBOT, a DOLL, a KITE, a BIKE, a JUMP ROPE, a

BALL, o SKATEBOARD, O CAR, o YO-YO procurar as peças do PUZZLE.

 

Tinha peças por todas as partes do quarto; dentro de caixas de outros TOYS, em baixo da cama, dentro das gavetas, e até dentro dos tênis das crianças.

Conforme encontravam as peças, e eles iam encaixando-as, a imagem ia  se formando. Até que finalmente ao completarem o PUZZLE, a BIKE, e a KITE e a JUMP ROPE abriram um sorriso enorme. Pois a figura do PUZZLE era uma foto de um BIRTHDAY da Mary e do Peter, no qual eles brincavam no jardim, num dia lindo e ensolarado com a BIKE, e a KITE e a JUMP  ROPE.

Por fim, o YO-YO agradeceu todos pela ajuda, e ficaram todos VERY  HAPPY!

 

 

THE END

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Chamar no WhatsApp