fbpx

Teste Psicopedagógico de Projeção

ANÁLISE PROJETIVA PSICOLÓGICA E PSICOPEDAGÓGICA

Um teste projetivo é um tipo de teste psicológico e psicopedagógico que se baseia na chamada hipótese projetiva. De acordo com essa hipótese, a pessoa a ser testada, ao procurar organizar uma informação ambígua (ou seja, sem um significado claro, como as pranchas do teste de Rorschach), projeta aspectos de sua própria personalidade. O intérprete (ou seja, o psicólogo e(ou) psicopedagogo que aplica o teste) teria assim a possibilidade de, trabalhando por assim dizer “de trás para frente”, reconstruir os aspectos da personalidade que levaram às respostas dadas.

A hipótese projetiva baseia-se no conceito freudiano de projeção: um mecanismo de defesa, através do qual o indivíduo atribui de maneira inconsciente características negativas da própria personalidade a outras pessoas (projeção clássica). Apesar de a projeção clássica carecer de confirmação empírica e ser assim alvo de controvérsias, há ainda um outro caso de projeção que conta com uma relativa unanimidade entre os estudiosos: a projeção generalizada ou assimilativa. Esta é a tendência de determinadas características da personalidade, necessidades  e experiências de vida de influenciar o indivíduo na interpretação de estímulos ambíguos. De acordo com os defensores do uso de testes projetivos, tais testes possuem duas grandes vantagens em comparação aos testes estruturados: (a) eles “enganam” os mecanismos de defesa do indivíduo e (b) permitem ao intérprete do teste ter acesso a conteúdos não acessíveis à consciência do indivíduo testado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Iniciando o teste projetivo

Imagine-se:

 

Angela (o)é um nome fictício e pode ser substituído por qualquer outro nome.

 

  1. Angela (o) não tem tempo de ver televisão. Por quê?
  2. Angela (o) não brinca com as(os)outras(os) meninas. Por quê ?
  3. A professora disse a Angela (o) que queria falar com ela (e) depois da aula. Por que?
  4. Quando o pai de Angela (o) chegou em casa o que aconteceu?
  5. Angela (o) não fez a lição de casa. Por quê?
  6. Angela (o) dormiu e teve um sonho. Com que ela (e) sonhou?
  7. Angela (o) trouxe ontem suas provas. O que aconteceu?
  8. Angela (o) chegou em casa chorando. Por quê?
  9. Angela (o) ficou com raiva de sua mãe. Por quê?
  10. Angela (o) está com medo. De que?

11- A mãe de Angela (o) está preocupada com alguma coisa. Por quê?

12 – Ontem aconteceu alguma coisa ruim. O que foi?

13 – O pai de Angela (o) faz alguma coisa que ela(e) não gosta. O que é?

14- Às vezes Angela (o) pensa que seus pais não gostam dela (e). Por quê?

15- Angela (o) outro dia não quis ir à escola. Por quê?

16- Angela (o) ficou com raiva de seu pai. Por quê?

17- O que Angela (o) acha de sua professora?

18- Às vezes Angela (o) fica nervosa (o) na escola. Por quê?

19-Às vezes.  Angela (o) não faz o que sua mãe manda. Por quê?

20- Às vezes Angela (o)briga com seu irmão. Por quê?

21-Um dia Angela (o) e sua mãe brigaram. Por quê?

22- Angela uma vez quis fugir de casa. Por quê?

23 – Às vezes fica triste. Por quê?

24- Ela (e) não gosta de ser chamado em classe. Por quê?

 

TESTES PROJETIVOS, PDF 2

 

PsiquEasy

Veja também:Novas Perspectivas para os Profissionais da Psicopedagogia

Visite o site: Sistema Psicopedagógico

 

 

facebook psiqueasyyoutube psiqueasy

Se você tem gostado de nossas postagens, nos ajude a continuar com esse trabalho. Curta nossa página no Facebook https://www.facebook.com/psiqueasy/ e se inscreva em nosso canal no Youtube Sistema para gestão de clínicas e espaços Psicopedagógicos – PsiquEasy.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Chamar no WhatsApp