Transtorno Opositivo Desafiador (TOD)

Por: Ana Carla Santos – Psicopedagoga e Neuropsicopedagoga

O Transtorno Opositivo Desafiador pode ser definido como um padrão persistente de comportamentos negativistas, desafiadores, desobedientes, observados nas interações sociais da criança com adultos e figuras de autoridade de uma forma geral. Tem grande comorbidade com TDAH (40-50%).

tod psiqueasy

Os principais sintomas do TOD são:
  • pouca paciência,
  • discussões com adultos,
  • desafio e recusa a obedecer regras,
  • implicância com pessoas,
  • sempre responsabilizando os outros pelos seus erros ou mau comportamento,
  • expressando sentimentos de rancor,
  • irritação e apresentando ideias de vingança.

Esses sintomas podem causar prejuízo significativo na vida social e acadêmica da criança ou adolescente. O diagnóstico em crianças é feito por um psiquiatra infantil ou neuropediatra. O tratamento requer abordagem multidisciplinar e, principalmente, medidas psicoeducativas e estratégias de como agir e conduzir esta criança em casa e na escola.  Nesse sentido, irei destacar dicas que podem ser muito úteis na condução de crianças opositoras.

A primeira delas é para pais ou responsáveis, que devem falar a mesma língua e concordar sempre nas mesmas regras e no cumprimento das rotinas diárias. Pois, em nossa sociedade atual, tal postura tem sido incomum devido às separações e terceirizações educacionais, o que dificulta na educação dos filhos.

É importante, mesmo separados, que os pais tomem as mesmas atitudes com a criança, mesmo que esta conviva em casas diferentes.

A segunda dica é, possíveis soluções para a sala de aula:
  • Se o seu aluno é facilmente distraído pela atividade da sala de aula ou por situações vistas pelas janelas ou portas tente sentá-lo na frente ou no meio, longe dessas distrações;
  • Se a criança tem atitudes de forma a chamar atenção pelo lado negativo, tente sentá-lo perto de um colega que seja um bom exemplo para a turma;
  • Se ele se mostrar incapaz de terminar uma tarefa no tempo permitido, tente permitir um tempo extra para ele terminar a tarefa solicitada.
  • Se mostrar-se incapaz de acompanhar as discussões em classe e as anotações, tente providenciar ajuda de um colega para tomar notas e perguntar ao aluno questões que o encorajem a participar nas discussões.
  • Se o seu aluno se queixa de que as aulas são chatas tente procurar envolvê-lo na apresentação da aula.
  • Se a criança se distrai facilmente, tente estimulá-lo a prestar atenção na tarefa por meio de um sinal combinado com ele. Peça-lhe que dê sugestões de atividades;
  • Se exibir constantemente um comportamento para chamar a atenção, tente ignorar os comportamentos impróprios;
  • Se o seu aluno não trabalha bem com os outros, tente encorajar as tarefas cooperativas de aprendizado;
  • Se ele não é respeitado pelos colegas tente atribuir responsabilidades ao aluno, na presença do grupo de colegas;
  • Se a criança fica enraivecido facilmente, tente encorajar o estudante a sair de situações que provocam a raiva;

A consciência de uma criança está em desenvolvimento. Então, deve sempre lembrar aos pais/responsáveis, que se iniciarem a educação de seus filhos observando sempre as dicas acima. Sendo assim, aplicadas pela escola com o apoio da família já estarão reduzindo de forma significativa a chance de terem filhos desafiadores.

1514932512893_ana

Ana Carla Santos
Psicopedagoga CRPp Sindical: 523
DMD (Diretora de Mobilização Distrital) de Garanhuns e Paranatama – SINDPSICOPp-BR
Especialista em Neuropsicopedagogia
CEORGA – Rua Melo Peixoto, n. 228, sala 12 – Santo Antônio – Garanhuns-PE
(87) 9 8125-9470 / (87) 9 9801-1813

 

 

PsiquEasy

Leia ainda: Organize seu Controle Financeiro com PsiquEasy

Veja também: Psicopedagogia e a era da Informatização

2 comentários em “Transtorno Opositivo Desafiador (TOD)

    • 29 de março de 2018 em 14:12
      Permalink

      Olá Alba, para mais informações basta entrar no link https://psiqueasy.com.br ou entrar em contato pelo whatsapp 21 9.7421-7212.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Chamar no WhatsApp