Pessoas com TDAH tem o Direito de receber Remédios Gratuitamente.

A RITALINA entregue nos postos de saúde no Brasil não vale nada afirma o PROF. Dr. Luiz Antonio Correa.

O efeito dessa Ritalina é muito rápida. Poucas pessoas sabem mas tanto pais como professores podem fazer um processo no Ministério Público para receber em casa o CONCERTA, que segundo Correa é o mesmo Metilfenidato, só que o laboratório conseguiu desenvolver na cápsula uma dissolução gradativa de hora em hora, ou seja, são remédios considerados por Correa com um efeito a longo prazo  (VENVANSE OU CONCERTA). A RITALINA entregue nos postos de saúde tem uma ação curta afirma Correa. Ele refere-se a RITALINA entregue nos postos de saúde, não a RITALINA de maneira generalizada.

Não queremos com essa postagem afirmar que a RITALINA  não produz um efeito eficiente nas pessoas que apresentam TDAH. A Ritalina assim como Venvanse e Concerta são utilizados a anos para o tratamento do TDAH. No entanto, todos os pais e responsáveis, assim como portadores de TDAH, devem saber as opções que existem, tendo os mesmos o direito de questionar seu médico das vantagens e desvantagens que tais medicamentos oferecem. De certo que cada situação é única e apenas o consenso entre paciente (pais/responsáveis) e médico poderão definir qual a melhor e mais indicada opção a ser utilizada.

DÚVIDAS FREQUENTES

Não tendo recursos pode o portador de TDAH receber os medicamentos gratuitamente?
Deve, cabe ao Poder Público fornecer os medicamentos, quando demonstrado a sua necessidade através da declaração médica.

Não estando a medicação na lista elaborada pelo Poder Público, mesmo assim é dever fornecer a medicação?
Sim, uma vez que há responsabilidade solidária da União, dos Estados e dos Municípios, de acordo com o art. 6º, 23º, II, 24, XII, 194º, 195º, 196º e 198º da Constituição, no que se refere ao fornecimento de medicação, não estando incluída sua obrigatoriedade de constar na listagem do Poder Público.

Caso não seja atendido o pedido pelo Poder Público, a quem recorrer?
Ao Poder Judiciário e não tendo recursos para fazê-lo, poderá efetivá-lo através da Defensoria Pública.

Conheça os PSICOESTIMULANTE DA FAMÍLIA DAS ANFETAMINAS que são utilizadas no tratamento de pessoas com TDAH
VENVANSE (LISDEXANFETAMINA)

VENVANSE TDAH

Venvanse é o primeiro medicamento brasileiro à base de anfetamina, liberado para uso no tratamento do TDAH – Déficit de Atenção e Hiperatividade. Ao passo que Ritalina e Concerta são feitos a partir da substância Metilfenidato, um psicoestimulante mais leve, Venvanse é um derivado da anfetamina. Dessa forma, é um remédio bem mais potente. Mais forte em seus efeitos positivos sobre o foco e concentração, igualmente pode trazer maiores efeitos colaterais.

Venvanse: A medicação mais potente para TDAH disponível no Brasil

Venvanse é um psicoestimulante da família das anfetaminas, usado no tratamento do TDAH – Transtorno de Déficit de Atenção / Hiperatividade. Aumenta a capacidade de concentração, de sustentar o esforço mental, bloquear as distrações, reduzir a agitação mental e a hiperatividade física.

Em comparação com a Ritalina e Concerta, duas outras medicações também usadas no tratamento do TDAH, o Venvanse tem efeitos bem mais potentes. Isto ocorre devido à sua principal substância ativa – Dimesilato de Lisdexanfetamina. O efeito positivo é bem nítido após pouco tempo de uso. Quem toma relata ser uma droga “poderosa”, pois consegue claramente sentir a diferença entre tomar e não tomar.

Fonte: https://dda-deficitdeatencao.com.br/tratamento/venvanse.html

CONCERTA (METILFENIDATO) – A primeira alternativa LA (Longo Alcance)

Concerta-36mg-Methylphenidate-600x450

Concerta é comercializado nas dosagens 18mg, 36mg e 54mg, sempre com formulação de longo alcance. Isto é, o comprimido é ingerido pela manhã e, ao longo do dia, a medicação vai sendo gradativamente liberada no organismo. Decerto é este sistema LA (Longo Alcance), caracterizado pela metabolização mais lenta que torna os potenciais efeitos colaterais mais suaves.

Concerta – Metilfenidato “mais suave”

A saber, muitos consideram o Concerta um remédio menos potente que a Ritalina, apesar de ambos serem feitos da mesma substância, o Metilfenidato. Embora confuso para os usuários, os efeitos do Concerta 18mg ou até mesmo 36mg são mais “suaves”, menos perceptíveis que da Ritalina 10mg. Isto devido ao processo único da sua empresa farmacêutica, que faz com que a liberação da droga – e portanto, sua entrada na corrente sanguínea – seja bem mais lenta.

Devido a isto, é muito favorável em alguns casos, especialmente aqueles que sentem efeitos colaterais de taquicardia, dor de cabeça ou aperto no peito muito intensos. Já para outras pessoas, há reclamação que o Concerta não faz efeito, que é fraco demais.

Fonte: https://dda-deficitdeatencao.com.br/tratamento/concerta.html

RITALINA PARA TDAH (METILFENIDATO)

ritalina

O REMÉDIO MAIS USADO PARA TDAH

A Ritalina é um remédio que serve para tratar TDAH – Déficit de Atenção e Hiperatividade. É um psicoestimulante do sistema nervoso central, que tem como princípio ativo o Metilfenidato. A Ritalina pertence à família das anfetaminas, que são medicamentos estimulantes mentais. Por isto, é usada para aumentar a concentração, a velocidade mental e capacidade de execução. Justamente por este motivo, é usada no tratamento de distúrbios de atenção – TDAH / Hiperatividade e também da narcolepsia.

Ritalina (Metilfenidato): Remédio para TDAH – Déficit de Atenção com ou sem Hiperatividade
  • A dúvida mais comum quando alguém tem suspeita de Déficit de Atenção / TDAH, ou quando se acaba de ter um diagnóstico é:
  • Vou precisar tomar remédio?
  • Será Ritalina ou o que?
  • Além disso: Preciso mesmo?
  • Ritalina vicia?
  • Finalmente, Ritalina é para sempre?

Com efeito, são cada vez mais intensas são as críticas ao uso indiscriminado de psicoestimulantes, que já alcançam um aumento de mais de 1.000% de aumento no Brasil. Esta explosão de prescrições envolve especialmente a Ritalina e Venvanse, usados tanto por adultos quanto crianças. Atualmente, o Brasil é segundo pais que mais consome Ritalina no mundo. Além disso, o consumo por não-portadores de TDAH, vendas ilegais pela Internet e uso sem receita por estudantes ou para melhorar o desempenho no trabalho já assumiram proporções muito assustadoras.

Fonte:https://dda-deficitdeatencao.com.br/tratamento/ritalina.html


“O objetivo principal do tratamento do TDAH é que o paciente aprenda a lidar com seus sintomas, evitando ou limitando os prejuízos em sua vida. Para isso, a medicação é importante, assim como outros recursos que envolvem trabalho psicoeducativo com a família e a escola (no caso de crianças), o entendimento sobre o que é o TDAH e como deve ser feito o tratamento, além de mudanças na rotina, na estrutura e no ambiente em que vive o paciente.” Dr. Gustavo Teixeira, médico especialista em psiquiatria da infância e adolescência, professor visitante do Departamento de Educação Especial da Bridgewater State University (EUA) e editor-chefe do site www.comportamentoinfantil.com. – CRM RJ 5273634-1

promoção IPI

 

Conheça todos os direitos dos portadores de TDAH

Link para baixar:Direitos de TDAH

Veja também:Profissionais tem confundido Sintomas de SPA com os de TDAH/

Leia ainda:31/08/2018 O Nascimento Precoce está Associado ao TDAH?22/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Chamar no WhatsApp