#3 Atividades Psicopedagógicas – Prancha do Alfabeto em Braile e Libras – Parte III

As línguas de sinais, ao contrário do que se pode pensar, não são universais, pois existem a Língua de Sinais Americana, a Língua de Sinais Francesa, a Língua de Sinais Portuguesa e a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS), dentre outras.

A história de Braille começa quando ele tinha três anos de idade. Ele estava brincando na oficina do pai em Coupvray, na França, e acabou furando o olho com uma das ferramentas. Ele recebeu a melhor atenção médica possível na época, mas isso não foi o bastante: o olho sofreu uma infecção que logo se espalhou para o outro olho, deixando-o totalmente cego. Foi uma tragédia para ele, mas isso o motivou a criar o Braille.

 

No Brasil a Língua de Sinais ganhou espaço a partir de 1857 quando Eduard Huet, um francês que ficou surdo aos doze anos veio ao país a convite de D. Pedro II para fundar a primeira escola para meninos surdos primeiramente chamada Imperial Instituto de Surdos Mudos, atual INES (Instituto Nacional de Educação de Surdos).

Veja o alfabeto manual e numérico em Libras, que interessante:

 

alfabeto braille é um sistema de leitura que se utiliza do tato. Pensado para cegos, o alfabeto foi inventado pelo francês Louis Braille no ano de 1827 em Paris.

alfabeto-braille

O Braille é um alfabeto convencional cujos caracteres são indicados por pontos em alto relevo. A partir dos seis pontos relevantes, é possível fazer 63 combinações que representem letras simples e acentuadas, pontuações, números, sinais matemáticos e notas musicais.

Louis Braille perdeu a visão aos três anos de idade. Quatro anos depois ingressou no Instituto de Cegos de Paris. Com dezoito anos, tornou-se professor desse instituto. Ao ouvir falar de um sistema de pontos e buracos inventado por um militar para decodificar mensagens durante a noite em lugares onde seria perigoso acender a luz, ele adaptou o sistema, e em 1829 publicou o seu método.

Sendo de fato eficaz, o sistema rapidamente tornou-se popular. Hoje, o método simples e engenhoso elaborado por Braille é acessível a milhões de cegos de todo o mundo.

 

Pranchas para baixar e imprimir:

prancha de braile e libras

Intervenções Psicopedagógicas para Educação Infantil

Guia Prático Espaço Psicopedagógico - Tudo que você precisa saber

 

Material de Investigação Psicopedagógica Intensiva

 

Modelos de Documentos Psicopedagógicos psiqueasy

E-book Estudos de Caso

Prancha Braille e Libras-imagens

Baixar agora

 

antes-depois-do-psiqueasy

Leia ainda: #1 Atividades Psicopedagógicas para Imprimir – Lógica Matemática – Parte I

Veja também:#2 Atividades Psicopedagógicas para Imprimir – Lógica Matemática – Parte II

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Chamar no WhatsApp