TDAH – Materiais para baixar e Imprimir

O que é TDAH?

Antes de entender o que é o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade, conhecido como TDAH. É fundamental ter sempre em perspectiva o fato de que nem toda criança, adolescente ou adulto que apresenta sinais de agitação (hiperatividade), desatenção e/ou impulsividade tem TDAH.

Entre as crianças, por exemplo, de 5 a 8% têm TDAH. Embora a maioria delas possa apresentar alguma dessas características em determinado momento – o que de forma alguma caracteriza o TDAH.

transtorno de déficit de atenção e hiperatividade é uma doença neuropsiquiátrica crônica, que se inicia na infância, mas que pode acompanhar o indivíduo ao longo de seu desenvolvimento. Muitos adolescentes e adultos deixam de manifestar os sintomas do TDAH naturalmente conforme se desenvolvem.

Mas cerca de 50% das pessoas com o transtorno continuam manifestando os sintomas do TDAH ao longo da vida adulta.

A primeira descrição do TDAH ocorreu há mais de dois séculos, em 1798. De lá para cá, as pesquisas e o entendimento sobre o transtorno avançaram de forma significativa. Bem como as possibilidades de qualidade de vida e inserção social das pessoas com o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade, em todas as fases da vida.

As causas do TDAH ainda não são completamente compreendidas. Porém, os estudos apontam para a necessidade de uma combinação de fatores ambientais, genéticos e biológicos para a manifestação do TDAH.

Hoje, já se sabe que o TDAH compreende uma lista com 18 sintomas, sendo nove deles relacionados à desatenção; 6 à hiperatividade; e 3 à impulsividade.

É fundamental reforçar que a manifestação de um ou de alguns desses sintomas isoladamente e de forma pontual não caracteriza o diagnóstico do TDAH. Por isso, é preciso que pais, educadores e os profissionais de saúde responsáveis pelo diagnóstico do TDAH tenham bastante clareza de que é normal que as crianças.

Por exemplo, sejam bastante ativas ou certas vezes desatentas, e que isso não significa de forma alguma que tenham o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade.

Para se ter ideia da complexidade do diagnóstico do TDAH em crianças, é necessário que haja a manifestação de no mínimo 6 sintomas de desatenção e/ou hiperatividade-impulsividade; e em adultos no mínimo 5. Só aí o médico passa a considerar o diagnóstico do transtorno de déficit de atenção e hiperatividade.1

diagnóstico do TDAH é predominantemente clínico, ou seja, baseado na observação e relato dos sintomas pelo paciente. E, no caso de crianças e adolescentes, também pelo relato de seus pais.

Os sintomas são avaliados pelo médico especializado de acordo com o Manual de Estatística e Diagnóstico de Transtornos Mentais (DSM-5), desenvolvido pela Associação Americana de Psiquiatria e utilizado no Brasil,1 bem como em inúmeros outros países.

“É importante ressaltar que o TDAH é um transtorno neurobiológico, que corre na família e tem um forte componente biológico e genético. Por isso, é muito comum em uma família que haja o diagnóstico de primos e tios, ou até que o ocorra diagnóstico de pais quando se está investigando a criança com TDAH.”
Dr. Gustavo Teixeira, médico especialista em psiquiatria da infância e adolescência, professor visitante do Departamento de Educação Especial da Bridgewater State University (EUA) e editor-chefe do site www.comportamentoinfantil.com. –CRM RJ 5273634-1

Mesmo com todo o conhecimento sobre o transtorno de déficit de atenção e hiperatividade que já se tem hoje em dia.

Há ainda muitos mitos e desinformações relacionados ao transtorno, bem quanto à complexidade de seu diagnóstico e tratamento.  Apesar disso, é importante ressaltar que com acesso a cuidados e tratamentos específicos. É perfeitamente possível que uma criança, adolescente ou adulto com TDAH tenha uma vida normal, sendo plenamente capaz de estudar, trabalhar, construir relacionamentos, etc.

Dessa forma, apesar dos desafios impostos pelo TDAH, os pacientes têm também talentos excepcionais e podem atingir grandes resultados com apoio e os recursos adequados.

Leia mais direto na fonte: http://tdah.novartis.com.br/o-que-e-tdah/

Materiais para imprimir psiqueasy

Materiais para estudar, analisar, baixar e imprimir…..

Vencendo o TDAH Adulto_Barkley

Transtornos-de-aprendizagem TDAH, Dislexia e Discalculia. Manual para pais. pdf

ABDA Direitos Tdah

TDAH exercícios clínicos

Os-10-Mitos-e-Verdades-sobre-o-TDAH.pdf

Cartilha sobre TDAH

Apoio-pedagógico-para-as-crianças-com-dislexia-e-tdah.pdf

 

PsiquEasy

Leia ainda: Avaliação Psicopedagógica sugestões para Imprimir – Iªparte

Veja também: Atividades Psicopedagógicas – Cartões para construir Histórias e Imprimir

 

youtube psiqueasy facebook psiqueasySe você tem gostado de nossas postagens, nos ajude a continuar com esse trabalho. Curta nossa página no Facebook https://www.facebook.com/psiqueasy/ e se inscreva em nosso canal no Youtube

Sistema para gestão de clínicas e espaços Psicopedagógicos – PsiquEasy.

6 comentários em “TDAH – Materiais para baixar e Imprimir

  • 13 de março de 2018 em 21:22
    Permalink

    Parabéns!!!
    É muito bom poder compartilhar!!!

    Resposta
    • 14 de março de 2018 em 07:30
      Permalink

      Olá Denize obrigada pelo carinho, continue acompanhando nossas postagens, toda semana tem novidade.

      Resposta
  • 10 de setembro de 2018 em 11:04
    Permalink

    Bem legal, assim posso compartilhar com as professoras para ajudarem meu filho e muitas outras crianças!

    Resposta
    • 10 de setembro de 2018 em 11:07
      Permalink

      Olá Regiane, que bom que gostou da postagem, em breve estaremos postando mais materiais sobre TDAH. Abraços….

      Resposta
  • 25 de abril de 2019 em 22:31
    Permalink

    Parabéns…Sou professora do AEE e estou maravilhada com a qualidade dos artigos.

    Resposta
    • 27 de abril de 2019 em 11:23
      Permalink

      Bom dia Tania, agradecemos o carinho, estamos muito felizes em poder contribuir de alguma forma com a área. Continue nos visitando, estamos a disposição. Abraços carinhosos.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Chamar no WhatsApp