fbpx

Você sabe como e quando realizar um encaminhamento?

No atendimento cada procedimento deve ser realizado na hora certa.

Ao receber um paciente/aprendente, recebemos também uma QUEIXA, seja dos responsáveis ou da escola. Essa refere-se a situações que estão causando de alguma forma problemas indesejáveis. Após realizar alguns procedimentos(sessões) como: Anamnese, Entrevista com o sujeito, EOCA, dentre outros recursos é que se pode perceber se será necessário encaminhar ou não.

A quantidade de sessões que precisará para isso dependerá muito do caso apresentado. Também se faz necessário analisar se já foram feitos outros acompanhamentos e se é preciso ter o parecer de outro(s) profissional(is) para fechar a avaliação.

Quando um profissional decide encaminhar seu aprendente/paciente a outro(s) profissional(is) ele precisa garantir que sejam passadas todas as informações cabíveis sobre o mesmo para que se compreenda o motivo do encaminhamento. Esse tipo de documento serve para formalizar a comunicação.

Os procedimentos realizados durante as sessões devem ser passados detalhadamente, sempre informando os resultados obtidos, bem como deixar registrado as suspeitas, tudo feito minuciosamente, afinal é um documento de grande importância.

Em relação ao responsável pelo paciente/aprendente, deverá explicar que a continuidade do Acompanhamento Psicopedagógico e/ou Neuropsicopedagógico, dependerá do Diagnóstico feito pelo(s) profissional(is) a qual o “paciente/aprendente” foi encaminhado. Somente após o recebimento dos resultados é que será possível definir se o acompanhamento deverá continuar e quais recursos deverá utilizar para sanar a queixa apresentada.

Percebemos que alguns profissionais ainda não sabem quando e como realizar encaminhamentos, então, veja os modelos que selecionamos para você utilizar em suas sessões:

IPI_Investigação Psicopedagógica Intensiva

Encaminhar para outros profissionais com especialidade diferente da sua é algo muito comum,  visto que o aprendente/paciente pode necessitar de outros tipos de avaliação e diagnóstico.

Essa conduta contribui para estreitar as relações entre profissionais, alcançar um diagnóstico mais assertivo e demonstra respeito e cuidado com nossos aprendentes/pacientes.

O aprendente/paciente se sente seguro porque sabe que vários profissionais têm conhecimento do caso e decidirão a melhor conduta para zelar por sua saúde mental, bem como seu bem estar.

Para você imprimir:
Para baixar as atividades acima, clique com botão direito nas imagens, selecione a opção salvar imagem. Com elas já em seus arquivos você poderá imprimir, recortar e plastificar. Agora nossa última dica:

 

Gostou dos modelos de encaminhamentos que selecionamos para você utilizar em suas sessões? Que bom, temos muitos recursos para você realizar suas investigações em nosso material IPI. O mesmo contém 117 páginas que proporcionarão recursos riquíssimos para uma Investigação eficiente e exitosa. Veja a oferta que preparamos:

Agora você pode escolher entre os dois formatos: Impresso ou Digital

Formato 1: Original Digital 
Apenas 12x de R$5,94 no cartão ou a vista no Boleto
 De R$112,00 por R$49,90.

Assim que o pagamento for identificado, o material será enviado para seu e-mail (em horário comercial).Comprar Agora


Formato 2: Original Impresso

Em até 12x de R$15,85 no cartão ou a vista no Boleto.
 De R$207,90 por R$159,90.
Frete Grátis para todo o Brasil!

Após a identificação do pagamento, o prazo de postagem é de 1 dia útil.

Comprar Agora

Quer saber mais sobre o IPI? Basta acessar os links abaixo:

 

IPI – Ferramenta riquíssima para neuropsicopedagogos

Material de Investigação Psicopedagógica Intensiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Chamar no WhatsApp