fbpx

Qual a influencia da qualidade do sono sobre a aprendizagem?

O sono é um comportamento reversível de desligamento da percepção ao ambiente necessário para a manutenção da saúde física e cognitiva. Sua relação com o aprendizado é crucial para que o indivíduo consiga produzir aprendizado

A má qualidade do sono é um fator que pode estar associado ao ritmo que as crianças apresentam. A maior parte delas está adaptada a dormir tarde e acordar cedo ou a terem sono interrompido – o rompimento do período de sono pode afetar sua eficiência. Além disso, as crianças da atualidade estão cercadas por inúmeras atrações tecnológicas como as redes sociais, e estas podem alterar seu ritmo biológico.

Mas, você sabe qual é a relação entre o sono e o aprendizado? Ou seja, sua maior influência nesse processo?

Enquanto as crianças dormem, elas solidificam seus aprendizados. É durante o sono que elas aprendem a falar, engatinhar, pegar as coisas, caminhar, dançar, comer sozinhas e todas as outras tarefas mais complexas que vão adquirindo ao longo do seu desenvolvimento.

Segundo a National Sleep Foundation (Fundação Nacional do Sono), dormir é tão importante quanto a alimentação e a higiene, pois, além de ajudar no desenvolvimento intelectual, é nesse período de descanso que o corpo libera os hormônios de crescimento.

Outro documento também evidencia a grande importância do sono para o desenvolvimento da criança: um estudo realizado pela Academia Americana de Medicina do Sono — elaborado em parceria com médicos pediatras, por meio de pesquisa e análise de mais de 860 artigos científicos a respeito do assunto — aponta que dormir pelo tempo recomendado para cada faixa etária está associado a uma melhora na atenção, na memória, no comportamento, na aprendizagem e na saúde emocional.

Afinal, quantas horas de sono são necessárias?

No caso da Associação Brasileira do Sono, a recomendação da Cartilha da Semana do Sono 2020 (que segue as diretrizes da National Sleep Foundation, além de ser semelhante às orientações da Academia norte-americana de Pediatria) é a seguinte:

Recém-nascido (0 a 3 meses): 14 a 18 horas por dia, em média (sendo aceitável entre 11 e 19 horas);

Bebê (4 a 11 meses): 12 a 15 horas por dia (sendo aceitável entre 10 e 18 horas);

Um a dois anos: 11 a 14 horas por dia (sendo aceitável entre 9 e 16 horas);

Três a cinco anos: 10 a 13 horas (sendo aceitável entre 8 e 14 horas);

Seis a 13 anos: 9 a 11 horas (sendo aceitável ente 7 a 12 horas);

14 a 17 anos: 8 a 10 horas (sendo aceitável entre 7 e 11 horas);

18 a 25 anos: 7 a 9 horas (sendo aceitável entre 6 e 11 horas);

26 a 64 anos: 7 a 9 horas (sendo aceitável entre 6 e 10 horas);

65 anos ou mais: 7 a 8 horas (sendo aceitável entre 5 e 9 horas).

Privação do Sono ou Sono Insuficiente

De acordo com Rosana Cardoso Alves, médica neurologista e membro da Associação Brasileira do Sono (ABS), a privação de sono — também chamada de sono insuficiente — significa que a pessoa está dormindo menos do que deveria. “Com o passar dos dias, ela vai apresentando sintomas como sonolência excessiva durante o dia, alterações de comportamento, sensação de cansaço e fadiga“, alerta. Isso tem impacto negativo no dia a dia do indivíduo, que também pode manifestar outros sinais:

Irritação;

Alterações de humor;

Dificuldade de concentração e de manter a atenção;

Problemas de memória;

Risco aumentado para doenças cardiovasculares e transtorno psiquiátricos (como ansiedade e depressão).

Sono & Aprendizagem

Consolidação da memória, aumento da concentração, raciocínio e criatividade: dormir bem é, sem dúvidas, uma das coisas que o estudante pode fazer no dia a dia para viver melhor!

Não é de admirar que grandes gênios da ciência, com capacidades impressionantes de concentração e raciocínio, valorizassem tanto suas horas na cama. Albert Einstein, por exemplo, dormia por cerca dez horas todos os dias!

Esse efeito também vale para sonecas ao longo dia. Além de promover um descanso e uma recomposição de energia, elas também ajudam a aumentar o foco e consolidam a memória do que você acabou de estudar.

Fontes de Pesquisa:

https://escoladainteligencia.com.br/blog/a-importancia-do-sono-para-o-desenvolvimento-da-crianca/

http://www.revistapsicopedagogia.com.br/detalhes/588/influencia-da-qualidade-do-sono-sobre-a-aprendizagem-no-ensino-de-ciencias

https://www.uol.com.br/vivabem/noticias/redacao/2022/03/01/veja-quantas-horas-de-sono-voce-precisa-de-acordo-com-a-faixa-etaria.htm?cmpid=copiaecola

https://www.censupeg.com.br/blog/posts/qual-a-importancia-do-sono-para-o-aprendizado#:~:text=O%20sono%20aumenta%20a%20concentra%C3%A7%C3%A3o,nossa%20concentra%C3%A7%C3%A3o%20e%20racioc%C3%ADnio%20afiados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Chamar no Whatsapp