Quais são as Virtudes dos Profissionais de Sucesso?

O que são Virtudes e qual a sua importância para os Profissionais da Pp, NPp e demais profissionais da educação e saúde mental?

São qualidades morais padrões dos seres humanos e que estão relacionadas com a construção da personalidade de cada indivíduo. As virtudes humanas não são natas, mas sim elementos que se constroem e complementam a personalidade das pessoas ao longo da vida. Por exemplo, ninguém nasce com “autoconfiança” ou “honestidade”, mas aprende a ter estes comportamentos a partir de lições e referências moralmente positivas dentro do ambiente em que está inserido.

Resumindo podemos dizer que:

As virtudes são a nossa essência como seres humanos. São os elementos do nosso espírito. O conteúdo do nosso caráter. Cultivá-las é parte central da nossa evolução como pessoa.

Em qualquer profissão se faz necessário ter VIRTUDES. As mesmas nos conduzem por caminhos mais tranquilos. Para se obter êxito pessoal e profissional é muito importante praticar as seguintes virtudes:

Generosidade

A pessoa generosa quer partilhar, repartir ou distribuir aquilo que tem com outros menos favorecidos. O seu comportamento tem por base reconhecer as necessidades do próximo e tratar de as satisfazer dentro das suas possibilidades.A generosidade é um sinal que temos as prioridades certas. A generosidade nos ensina a não ser avarentos. 

Resiliência

Resiliência é a capacidade de voltar ao seu estado natural, principalmente após alguma situação crítica e fora do comum. Podemos dizer que Resiliência é capacidade que temos de sermos flexíveis em momentos que estamos frente a dificuldades ou adversidades. Essa flexibilidade é construída por meio de um conjunto de crenças que possibilitam transcender os empecilhos da vida e prosperar um futuro com superação.

Humildade

Humildade é ter um conceito equilibrado de si mesmo, sem buscar honra para si. A humildade é o contrário do orgulho.

Humildade é a qualidade de quem age com simplicidade, uma característica das pessoas que sabem assumir as suas responsabilidades, sem arrogância, prepotência ou soberba.

Em teoria, a humildade é tida como uma qualidade bastante positiva e benéfica, onde ninguém é pior ou melhor do que os outros, estando todos no mesmo nível de dignidade, de cordialidade, respeito, simplicidade e honestidade.

A humildade é um sentimento de extrema importância, porque faz a pessoa reconhecer suas próprias limitações, com modéstia e ausência de orgulho.

Disciplina

A disciplina é conhecida como a capacidade que pode ser desenvolvida por qualquer ser humano e que envolve, para toda circunstância ou ocasião, a prática de uma atuação organizada e perseverante, a fim de obter um bem ou fim determinado. Isto é, para conseguir um objetivo na vida, qualquer pessoa que se proponha, por mais perseverante ou forte que seja, claro, que ajudará a conquistar, será indispensável ter ou dispor de uma ordem pessoal que se organize para conseguir de um modo mais concreto, cuidadoso e sem fissuras.

Flexibilidade
Criatividade

criatividade é considerada uma capacidade humana de grande valor universal. Tudo indica que nesta competência reside a memória “RAM” biológica para o impulso da evolução humana.  Sanchez (2003) referiu em seus apontamentos: a criatividade é uma sublime dimensão da condição humana. É, entretanto, na capacidade criativa que existe a chave da capacidade de evolução da humanidade.

A grande verdade é que qualquer pessoa pode ser criativa. Para libertar a criatividade é preciso ter apenas os estímulos corretos.

Solidariedade

A solidariedade não significa apenas reconhecer a situação delicada de uma pessoa ou grupo social, mas também consiste no ato de ajudar essas pessoas desamparadas. Nem sempre podemos cobrar por tudo que fazemos. Por vezes é necessário doarmos um pouco do que temos e do que sabemos para ajudar as pessoas que necessitam.

Autoconfiança

Esta qualidade pode ser adquirida através do desenvolvimento de algumas habilidades que geram segurança, competência, e tranquilidade no decorrer de nossa vida. A pessoa que confia em si mesma é muito mais equilibrada e prudente, assim, sempre age com cautela e jamais por impulso. Com tem grande confiança em suas decisões sabe que pode sempre contar com sua intuição e competência, mesmo em situações difíceis.

Benevolência

Ela instiga a pessoa à prática do bem, e consigo traz outras virtudes importantes como simpatia, gentileza e generosidade. Quem a tem deve renunciar a sentimentos antagônicos como egoísmo e hostilidade. Benevolência significa demonstrar bondade ou boa vontade em relação a outras pessoas, revelando altruísmo e empatia.

Contentamento

Essa virtude também é bastante especial, pois promove a seu redor o bem-estar e a alegria. Através dela fica bem mais fácil se superar as adversidades, sem desespero, usando de jovialidade e serenidade, pois ela capacita o indivíduo a moldar-se a tais situações, e ainda a ter uma atitude renovada diante dos problemas.

Instrospecção

Talvez seja a mais importante das virtudes, pois, através dela as pessoas se tornam capazes de se autoavaliar e, portanto, conseguem transformar sua personalidade. Além de todas as virtudes que foram descritas acima, ainda podemos salientar muitas outras como a Jovialidade, a Longanimidade, a Maturidade, a Misericórdia e outras que podem ser descobertas dentro de você mesmo.  Qual delas rege seu comportamento e suas atitudes?

Coragem

É fundamental para se viver atualmente, especialmente em situações de medo enfrentadas no cotidiano e ainda em relações de negócio. Ter coragem para dizer não diante de malfeitos e subornos é algo praticamente difícil de encontrar. Essa virtude dá a pessoa, a capacidade de avaliar o certo e o errado e superar as adversidades. Ela inspira a pessoa a agir com determinação e perseverança diante das circunstâncias difíceis.

Determinação

Essa virtude não anda sozinha, possui ainda duas famosas aliadas, que são a perseverança e a firmeza. Ela faz com que a pessoa progrida, e obtenha sucesso em todas as suas iniciativas, já que não consegue suportar desalento, preguiça, falta de ânimo. Não há obstáculos, que uma pessoa regida pela determinação não possa ultrapassar. A determinação é essencialmente necessária para que as demais virtudes sejam assimiladas e, desta forma a pessoa se livre de todos os sentimentos negativos.

Estabilidade

Significa ter equilíbrio, responsabilidade, coerência e constância em tudo o que se faz. Esta qualidade não permite rigidez, no entanto, requer muito adaptabilidade e flexibilidade.

Equilíbrio
Empatia

É algo que faz com que nos coloquemos no lugar da outra pessoa, quando ela passa por algum tipo de sofrimento, alegria e tudo o mais. Além disso, ainda atrai coisas boas para si, pois essa virtude faz com que a pessoa veja as coisas através da perspectiva do outro, mas com muito amor e carinho.

Conhecimento

O conhecimento é a soma das representações abstratas que se possui sobre um aspecto da realidade. O conhecimento é uma reunião de informações reunidas na mente humana. Conhecimento é tudo aquilo que adquirimos nossa interação com o entorno é o resultado da experiência organizada e na mente do indivíduo de uma forma que é única para cada pessoa.

Conhecimento é a capacidade do ser humano para compreender por maio da razão a natureza, as qualidades e as relações das coisas. É um conjunto de dados ou notícias relativos a uma pessoa ou a uma coisa. Conhecimento é o conjunto das faculdades sensoriais de uma pessoa na medida em que estão ativas; faculdade humana de aprender, compreender e raciocinar, ou seja, a inteligência. Conhecimento também é a capacidade do ser humano de raciocinar e ser consciente do mundo exterior.

Não sejamos como aqueles que sempre agem em favor de si mesmos, pois não percebem quanto  uma atitude de solidariedade pode transformar o mundo em que vivemos. Em um país onde  a desigualdade predomina, podemos ser sim profissionais DIFERENTES/ESPECIAIS. Somos o que fazemos e como agimos.(Daliane Oliveira, 2018)

Virtudes

São necessárias, vista tamanha desigualdade social, crueldade, corrupção, descaso, indiferença, e tantos outros adjetivos mais. Sabemos que enquanto profissionais e cidadãos temos nossa parcela de responsabilidade por tudo que acontece a nossa volta. Ao sermos omissos, também adquirimos nossa parcela de culpa. Podemos praticar todas essas virtudes diariamente, basta querermos de verdade. Ajudar o próximo é a única forma de transformarmos o país em que vivemos. Por que não ser como aqueles que tem tão pouco e mesmo assim ajudam o próximo com tanto entusiasmo e compaixão?

Veja ainda:O que leva um Espaço Psicopedagógico à falência?

Leia também: Como a Aparência do Psicopedagogo pode afetar na conquista dos “pacientes”?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Chamar no WhatsApp