fbpx

Formando Palavras e trabalhando a Dislexia

Dê a folha pronta com letras e peça para localizar as palavras a seguir do quadro.

Primeiro na vertical.

CALA; FALA; FALO; SALA; CAMA

Completar:

LEU; MAU; PAU; AMA; MAU; AMO.

Após assimilação, exercitando por várias vezes a atividade, outros serão introduzidos como exemplo:

Palavras: CALO CALA MALA LATA VELA CALO PATA FALA SALA VALA MELA TALO

Ache as palavras descritas, circulando as SÍLABAS que as formam:

 

Ache as palavras descritas, circulando as sílabas que as formam: MAMÃE; FALO; CALA; CALO; COLA; COLO.

Após localização, leve-as a ler e perceber as diferenças na colocação das vogais. É possível realizar inúmeras atividades com essas palavras: desenhos com  o nome, jogos de dominó, memória, de classificação de letras e sílabas. São inúmeras, depende da criatividade do profissional.

Após a assimilação dessa estratégia, que levará tempo, devem-se introduzir as verticais e horizontais. Primeiro, utilizando uma palavra-chave na vertical e depois aumentando vagarosamente.

Encontre as palavras e circule as sílabas que formam as palavras:

CALA AMA LATA DADO ATA TATU DEUS

Siga a sílaba:

Vá criando formas alternativas de inserir o lúdico formal. Será bem-sucedido.

Atenção: Todo e qualquer estímulo lhe desviará a atenção e é sua tarefa fazê-lo voltar a atenção (de forma respeitosa, mas firme) para o trabalho proposto.


4 Atividades para crianças com Dislexia

A seguir, trazemos uma lista com atividades simples que ajudam as crianças com dislexia a progredir no tratamento.

1.- Consciência fonológica

É conhecida como a melhor atividade para crianças com dislexia. Consiste em desenvolver a habilidade de manipular mentalmente os sons da língua.

É formada por uma série de atividades em que a parte escrita fica em segundo plano e somente os fonemas são examinados. Por exemplo: decidir se uma palavra tem determinado som, separar em sílabas ou substituir um fonema por outro.

“É importante que, junto com o tratamento, os pais não permitam que a criança abandone suas atividades”

2.- Procurar letras ou palavras escritas

Em revistas ou jornais, peça para a criança procurar e contar uma determinada letra ou palavra que se repete. Isso possibilitará que ela diferencie e memorize melhor cada uma delas.

Também é possível complementar esse jogo com outros exercícios, como também pronunciar o som ou praticá-lo dentro de uma competição. Nestes casos, é recomendável deixar que a criança “ganhe”, para que tenha mais autoconfiança enquanto aprende.

jogos para ajudar crianças com dislexia
3.- Jogos com palavras

Pode-se realizar de diferentes formas. Antes, você pode escrever duas palavras parecidas que só se diferenciam por uma letra. Exemplo: bola/bota. Em seguida, peça para que a criança encontre a diferença oral e a escrita.

Outra alternativa é pedir para a criança substituir uma letra para formar outra palavra. Assim, ainda que a palavra formada não esteja correta, ela poderá diferenciar como os sons e as palavras são formados.

4.- Jogos de tabuleiro ou de revistas

As clássicas palavras-cruzadas, os caça-palavras ou o famoso “jogo da forca” podem ajudar muito a melhorar a identificação dos fonemas.

De fato, propor também o aspecto lúdico (sempre acompanhado) nas atividades para crianças com dislexia fará com que elas se esqueçam por alguns momentos de que estão fazendo uma “atividade” para melhorar sua dificuldade linguística.

Fonte de Pesquisa das atividades: https://soumamae.com.br/4-atividades-para-criancas-com-dislexia/

Veja também:Atividades de Memorização, Cognição, Raciocínio Lógico e Percepção

Leia ainda:O que fazer com os Problemas de Aprendizagem?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Chamar no Whatsapp