Como o Fonoaudiólogo pode contribuir no Acompanhamento Psicopedagógico?

Problemas de fala e de audição costumam trazer consequências graves, que podem afetar desde a alfabetização até a adaptação social das pessoas.

Alunos com dificuldades na linguagem oral e escrita, na realidade podem apresentar não só problemas biológicos, mas, também problemas de  ordem emocional, trazendo consequências negativas no processo de aprendizagem. A partir do momento que se observa o problema, a família não sabe a quem recorrer para o tratamento adequado, buscando profissionais que não conseguem detectar as causas.

No sentido de cooperar com a Psicopedagogia, como a mediação do fonoaudiólogo pode auxiliar nesse trabalho?

Observando as seguintes hipóteses:
  • a) A Fonoaudiologia é aplicada como suporte em muitos campos, entre eles, a Psicopedagogia, pois o objetivo é atender e reabilitar pessoas, cuidando do seu bem-estar, empregando todos os recursos disponíveis;
  • b) Na escola especialmente é importante o trabalho fonoaudiológico no sentido de auxiliar alunos com dificuldades como: disléxicos, hiperativos e outros transtornos que impedem o aluno de se comunicar satisfatoriamente;
  • c) A Fonoaudiologia junto à equipe pedagógica contribui com a escola, atendendo às necessidades individuais dos alunos.

A Psicopedagogia tem como base, conteúdos psicológicos e pedagógicos. No entanto, a Psicopedagogia necessita também da contribuição de outras áreas quando um aluno apresenta problemas linguísticos e de audição. Nesse sentido, a Fonoaudiologia, dentre outros campos específicos de conhecimento visa a melhoria da compreensão do processo de aprendizagem e os seus efeitos no desenvolvimento da criança.

Na escola, a Fonoaudiologia pode atuar junto à Psicopedagogia de maneira preventiva por meio de triagens, com orientação aos educadores visando detectar alunos com distúrbios de comunicação em sala de aula.

A necessidade da atuação do Psicopedagogo e do Fonoaudiólogo munidos de conhecimento para saberem qual a estratégia mais eficaz para aqueles alunos com dificuldade de aprendizagem, compreendendo, principalmente, a prevenção, avaliação e diagnóstico, tratamento e acompanhamento de alunos com problemas de comunicação.

  • a) Prevenção: A intervenção preventiva abrange alguns aspectos como: detecção precoce de transtornos nos primeiros anos de escolaridade; trabalho de informação aos pais educadores; intervenção direta, como realização de estimulação dentro da sala de aula, junto com o educador, buscando facilitadores de aprendizagens.
  • b) Avaliação e Diagnóstico: esta é uma área onde a atuação do fonoaudiólogo se faz quase que individualmente, ou seja, independente do psicopedagogo, uma vez que se tem como objetivo avaliar a comunicação oral, escrita e aspectos relacionados a elas. Após o levantamento dos dados obtidos, o fonoaudiólogo tem condições de orientar os pais e os educadores quanto às medidas a serem tomadas.
  • c) Tratamento: Necessitando do atendimento terapêutico, a criança deve ser atendida por profissionais e/ou serviços especializados.
  • d) Acompanhamento de Casos: Deve ser realizado nos casos que tenham sido encaminhados a outros serviços ou profissionais. Nestes casos o fonoaudiólogo e o psicopedagogo podem ser o elo  entre o educador e o especialista, facilitando a troca de informações. (BEFI-LOPES;LIMONGI, 2004, p. 16).
psicopedagogia1
Fonoaudiólogo, psicopedagogo e educador precisam trabalhar juntos numa relação de troca, já que cada um tem seu papel definido e experiência dentro do imenso universo de ações que é a educação.

É justamente dentro da escola que o fonoaudiólogo vai atuar em razão das dificuldades encontradas na aprendizagem, causadas por problemas de linguagem e fonação. A fonoaudiologia se fixa em questões orgânicas e concretas, enquanto a psicopedagogia considera o lado individual e familiar do aluno. Em vista disso, deve também ser considerado o vínculo família e escola, de forma que, hoje, a união da fonoaudiologia e psicopedagogia possibilita um melhor atendimento, favorecendo essa interação.

Com o diagnóstico da psicopedagogia é possível conhecer a causa pela qual o aluno não aprende, pois essa dificuldade pode originar dentro da própria família, ou mesmo na escola. Essa informação auxilia o fonoaudiólogo na terapia mais adequada ao perfil do aluno. (SAKALOSKI et al, 2000, p.37).

Dessa forma, a psicopedagogia oferece situações em que o aluno pode adquirir autoconfiança e autoestima na aprendizagem, enquanto a fonoaudiologia estimula o desenvolvimento desse aluno.

Os olhares da fonoaudiologia e da psicopedagogia devem estar sempre voltados para desenvolvimento dos pacientes pelo gosto da leitura e escrita, proporcionando-lhes melhores condições de decodificação e compreensão da leitura, além da elaboração de uma escrita mais organizada e com menos erros.

A fonoaudiologia está estreitamente ligada com a psicopedagogia, no sentido de descobrir as possíveis causas orgânicas das deficiências da fala e o tratamento necessário para que o fonoaudiólogo possa iniciar a reeducação do paciente.

O psicopedagogo identifica as dificuldades e os transtornos que impedem o estudante de assimilar o conteúdo ensinado em sala de aula, enquanto o fonoaudiólogo procura o tratamento correto de acordo com o problema detectado.

É essencial que a família conheça os objetivos tanto do fonoaudiólogo como o do psicopedagogo que estão trabalhando com o ser filho, no sentido de estabelecerem juntos, um atendimento direcionado ao problema da criança. Esse vínculo somente poderá criar um ambiente favorável e confiança entre todos os envolvidos no processo, pois estarão comprometidos com um trabalho voltado para o sucesso da aprendizagem da criança.

Autora: Patricia Fernandes dos Santos


Saiba mais sobre o assunto: 

Fonoaudiologia-e-psicopedagogia-debates-e-parcerias

Fonoaudiologia_Psicopedagogia.pdf

Prevencao-na-escola–uma-proposta-interdisciplinar-entre-a-fonoaudiologia-e-a-psicopedagogia

Veja também:As Etapas do Processo Terapêutico no Atendimento Fonoaudiológico

Leia ainda:Fonoaudiologia e suas Áreas de Formação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Chamar no WhatsApp