fbpx

Como a Alimentação e Bons Hábitos influenciam na Aprendizagem desde a Vida Intrauterina?

Sabia que muito do que acontece pode ter sido fruto de algum evento registrado ainda na vida intra-uterina?

Você já ouviu falar sobre programação metabólica ?

Segundo a médica Bruna Pitaluga Peret Ottani (ginecologista e obstetra, pós-graduada em Nutrologia e membro do The Institute for Functional Medicine (IFM)), Programação Metabólica é o conceito de que todo o evento que acontece com o indivíduo, na vida intra-uterina e na lactação, pode ter repercussões na vida adulta. Por exemplo, se durante a gestação uma mulher ingere álcool, o feto pode ter repercussões tardias, como retardo do desenvolvimento em decorrência dos efeitos metabólicos do álcool sobre o cérebro do feto.

 

Esse é um conceito atual, e extremamente relevante, em decorrência da pandemia de doenças crônico-degenerativas que a humanidade vivencia, como diabetes e hipertensão arterial sistêmica. Pesquisadores do mundo todo estudam os efeitos da exposição dos fetos à agentes externos como cigarro, fumo, excesso de açúcar (quando a mãe tem diabetes), deficiência de nutrientes (por exemplo folato), deficiência de ácidos graxos (por exemplo ômega 3).

 Talvez você ainda não saiba, mas uma gestante pode determinar o futuro metabólico do seu filho.

Os alimentos que ela fornecerá na forma de nutrientes pode interferir no metabolismo do bebê. De acordo com a  médica Bruna Pitaluga, esse não é o único fator determinante pois, uma criança que teve uma exposição intra-útero às toxinas pode na vida adulta manter um estilo de vida saudável e não desenvolver doenças.

O que os pesquisadores entendem é que, se dentro do útero os fetos são expostos a uma situação prejudicial, e na vida adulta adotam hábitos de vida ruins, como sedentarismo e tabagismo, a chance de desenvolver doenças crônicas é maior.

Um exemplo fácil é o uso de ácido fólico. Toda mulher que quer engravidar suplementa com comprimidos de ácido fólico para prevenir doenças do tubo neural. Logo, a deficiência dessa vitamina é um fator que pode interferir na programação metabólica do feto.

O ambiente ao qual o bebê está exposto dentro do útero é um fator importante na determinação do peso da criança nos primeiros anos de vida e, quando desequilibrado, pode aumentar as chances de quadros de obesidade infantil e adulta ou de baixo peso e mudança no padrão de crescimento das crianças, além de favorecer o risco para doenças cardiovasculares, como diabetes, hipertensão, dislipidemias, alergias e outras.

Quando esse bebê nasce começa outra caminhada para que o mesmo tenha um desenvolvimento saudável e que favoreça diversos aspectos bem como a aprendizagem.

O consumo de alimentos industrializados tornou-se uma constante na sociedade da praticidade, em virtude do ritmo intenso de trabalho imposto nos tempos atuais. O fato de que os familiares, em sua maioria, trabalham fora o dia todo, a alimentação saudável fica para segundo plano, sendo a “fast food” a principal opção.

Os alimentos industrializados exceto aqueles indicados para grupos com restrição alimentar, contém excesso de substâncias como o açúcar, sódio e gorduras que são conhecidos pelos malefícios causados à saúde.

Descobertas recentes que relacionam a alimentação e os benefícios para o cérebro têm ganhado destaque no meio científico. A decisão pelo consumo destes produtos decorre não somente pela falta de conhecimento e informação adequada, mas, essencialmente, porque os malefícios causados à saúde tendem a aparecer a médio e longo prazo.

Criança que se alimenta bem vai produzir a ACETILCOLINA e consequentemente vai desenvolver uma excelente memória. Criança que se alimenta bem vai produzir DOPAMINA, um neurotransmissor para o desenvolvimentos das atividades motoras.

alimentação saudavel criança

Uma criança muito carente vai ter graves prejuízos na memória, e não vai conseguir trazer as informações que ela aprendeu.

 

O nosso principal órgão de aprendizado, é o cérebro,  o mesmo depende do fornecimento correto de energia para funcionar.

Crianças bem alimentadas têm maior facilidade de aprendizado porque conseguem raciocinar corretamente, já que o cérebro está sendo nutrido com energia durante seu funcionamento.

Já em crianças que não recebem nutrientes suficientes, o cérebro fica sem substrato energético para funcionar bem, prejudicando a capacidade de raciocínio e de aprendizagem. Uma alimentação desequilibrada resulta em um mal desenvolvimento da criança causando a baixa capacidade de raciocínio, o que influencia diretamente na dificuldade do aprendizado.

Alimentos ricos em conservantes geram:
  • Alergia
  • Asma
  • Hiperatividade
  • Obesidade
  • Depressão
  • Ansiedade
Você já ouviu falar da acetilcolina?

Ela tem uma função importantíssima para o funcionamento do nosso corpo, principalmente no que diz respeito ao sistema cognitivo.

Isso quer dizer que a acetilcolina é importante para melhorar a memória e o aprendizado, mas pode também ajudar em outras funções do cérebro, melhorando as sinapses nervosas como um todo, colaborando até para uma noite de sono melhor.

A falta deste tipo de neurotransmissor pode causar problemas como: transtorno de déficit de atenção, hiperatividade, mal de Alzheimer, entre outras doenças, além de poder influenciar negativamente no sistema respiratório e cardiovascular.

Os alimentos que ajudam a aumentar a acetilcolina são importantes para melhorar a contração muscular, a capacidade de memorização e de atenção e, por isso, são importantes para quem se sente sempre casado ou com dificuldades em memorizar e aprender.

Lista de alimentos ricos em acetilcolina

Alguns alimentos ricos em acetilcolina incluem:

  • Ovo;
  • Leite, queijo cottage;
  • Leveduras;
  • Fígado de frango cozido;
  • Sementes de girassol;
  • Cogumelos;
  • Noz pecã, amendoim;
  • Salmão.

Estes alimentos aumentam a acetilcolina porque têm colina e vitamina B5, que são substâncias utilizadas pelo organismo para produzir acetilcolina. É notório que a alimentação é significativa para a contribuição do desenvolvimento da criança. Devemos preservar uma boa alimentação em todos os momentos da vida, pois diversas habilidades dependem disso.

antes-depois-do-psiqueasy

Leia ainda:Como aproveitar as Oportunidade de Aprendizado?

Veja também:Qual a importância do Sono para a Qualidade da Aprendizagem?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Chamar no WhatsApp