fbpx

EOCA – Entrevista Operativa Centrada na Aprendizagem

O processo diagnóstico consta por uma série de passos por cujo meio se realiza o reconhecimento das dificuldades, o prognóstico e as indicações.

Entre estes processos destacamos a E.O.C.A. – Entrevista Operativa Centrada na Aprendizagem, elaborada pelo professor argentino Jorge Visca, cujo objetivo é de estudar as manifestações cognitivo­-afetivas da conduta do entrevistado em situação de aprendizagem. Permite ainda se obter uma visão conjugada e uma hipótese diretriz do interjogo dos aspectos cognitivos e afetivos da aprendizagem, bem como os pontos de alerta que deve  ser verificada para constatação ou não das hipóteses levantadas.

A EOCA é utilizada como ponto de partida em todo processo de investigação diagnóstica das dificuldades de aprendizagem.

Este instrumento consiste em uma entrevista estruturada que põe em evidência o aprendizado e conta como reativos quaisquer material, dependendo da idade do educando e da queixa. Na idade escolar podem ser: folhas pautadas, lápis de escrever, borracha, lápis colorido, giz de cera, papéis variados, revistas, tesoura, cola, livros de acordo com a idade do entrevistado, apontador, canetas, canetas hidrocor, folhas sulfite, régua, etc.

Os objetos são deixados sobre uma mesa, organizados de tal forma que o entrevistado precise abrir as caixas de lápis, o estojo, apontar o lápis preto sem ponta, procurar o que deseja observar todo material para decidir o que vai utilizar.

  1. CONSIGNAS E INTERVENÇÕES

As consignas e intervenções possibilitam observar:

  • a possibilidade de mudança de conduta;
  • a desorganização ou reorganização do sujeito;
  • as justificativas verbais ou pré­verbais;
  • a aceitação ou a recusa do outro (assimilação, acomodação, introjeção, projeção).

Tipos de consignas e intervenções: De abertura

“Gostaria que você me mostrasse o que sabe fazer, o que lhe ensinaram e o que você aprendeu. Esse material é para que você utilize como desejar, pode escolher e usar o que quiser”. Para mudança de atividade:

  • Consigna aberta: “Gostaria que você me mostrasse o que quisesse com esses materiais”.
  • Consigna Fechada: “Gostaria que você me mostrasse outra coisa que não seja…”, ou “Gostaria que você me mostrasse algo diferente do que já me mostrou”.
  • Consigna Direta: “Gostaria que me mostrasse algo de… (matemática, escrita, leitura)”.
  • Consigna Múltipla: “Você pode ler, escrever, pintar, recortar desenhar, etc?”.
  • Consignas para Pesquisa: “Para que serve isto, o que você fez que horas são, que cor você está utilizando?”
As respostas geralmente após a consigna de abertura são:
  1. Sujeito começa a fazer algo (desenha, pinta, recorta, etc)
  2. Pede que lhe indique o que precisa fazer, ao que se responde: “o que você quiser”.
  3. Fica totalmente paralisado sem poder reagir. Mesmo diante do modelo múltiplo não realiza nada.

Qualquer uma das respostas já são dados significativos para a avaliação.

Quando o entrevistado  apresenta  alguma  produção,  é aconselhável que se incida sobre ela, perguntando, argumentando, investigando, apresentando um problema, pedindo que relate o que leu, escreveu ou desenhou. Observa-­se o grau de mobilidade e de modificabilidade do entrevistado.

1.2.      Fatores de observação durante a EOCA

Através da observação do tema, da dinâmica e do produto, pode se observar o sintoma e as causas históricas coexistentes (ansiedade, defesa, funções, nível de pensamento utilizado, grau de exigência, aquisições automáticas, aspectos da lateralidade, organização, ritmo de trabalho, interesses, etc).

 

Estes três níveis de observação são indicadores do 1º sistema de hipóteses:

 

  1. Temática

­Consiste em tudo que o sujeito diz, o que terá, como toda conduta humana, um aspecto manifesto e outro latente;

Dinâmica

­           consiste em tudo que o sujeito faz e não é estritamente verbal: gestos, tom de voz, postura corporal, etc. a forma de sentar ou de pegar o lápis podem ser mais reveladoras que os comentários e até mesmo que o produto.

Produto

­           é o que o sujeito deixa gravado no papel, na dobradura, na colagem, etc. incluindo a seqüência em que foram feitos.

Dimensão afetiva
 Alguns indicadores:
  • Alterações no campo geográfico e o de consciência (distração, inadequação da postura, fugas, etc).
  • Aparecimento de condutas defensivas (medos, resistência à tarefas, à mudanças, à ordens, etc).
  • Ordem e escolha dos materiais.
  • Aparecimento de condutas reativas (choro, ansiedade, etc).
Dimensão cognitiva
­Alguns indicadores:
  • Leitura dos objetos e situação Utilização adequada dos objetos;
  • Estratégias utilizadas na produção de tarefas Organização;
  • Planejamento da atividade (antecipação) Nível de pensamento utilizado.
  1. POSTURA DO EXAMINADOR
  • Deve ser um mero observador da conduta do avaliado;
  • Participando com intervenções somente quando achar necessário.
  • Utilizar­se de vários tipos de consignas para maior riqueza das observações.
  • Colocar limites quando achar necessário.
  • Quando o avaliado apresenta dificuldades para entrar na tarefa, deverá utilizar consigna múltipla para facilitar a decisão do avaliado.
  • Caso o avaliado permaneça sem iniciativa, devemos lembrar também que esta também é uma postura a ser analisada, é uma forma de agir frente a situações novas, deve ser avaliada em seus vários fatores.
  • Se necessário, pode ser feitas mais de uma entrevista de EOCA.
  1. FORMA DE REGISTRO

Papel pautado dividido em duas colunas, sendo a da esquerda maior, pois servirá para as anotações do que ocorrerá na entrevista e a coluna da direita para anotações das hipóteses levantadas. Deve-­se anotar tudo que ocorrer, postura, ações, palavras, frases, etc.

  1. LEVANTAMENTO DAS HIPÓTESES

As hipóteses serão levantadas de acordo com as observações feitas durante a entrevista. Levando­-se em conta as três linhas de pesquisa que serão realizadas: cognitiva, afetiva e orgânico ­funcionais. Quando as hipóteses nos levarem a uma área específica (ex: psicologia, fonoaudiologia, neurologia, etc), deve-­se pedir a avaliação de um profissional competente, sempre que possível.

PRINCIPAIS OBSTÁCULOS DAS DIFICULDADES DE APRENDIZAGEM
  1. Obstáculos Funcionais
  • Assimilação
  • Lentidão
  • Domínio especial
  • Motor
  • Elaboração mental
  • Etc
  1. Obstáculos Epistemofílicos (emocionais)
  • Estado confusional
  • Perseveração
  • Exigência
  • Conduta evitativa
  • Mecanismos defensivos
  • Etc
  1. Obstáculos Epistêmicos (Cognitivos)
  • Desempenho
  • Antecipação
  • Insensibilidade – não percebe determinados conflitos
  • Não possui mecanismo de integração. Ex: colocam­se vários fósforos de tamanhos iguais alinhados com outros fósforos de tamanho menor. Junta­se até as duas linhas atingirem o mesmo comprimento e pergunta­se se os fósforos são iguais. O sujeito não percebe que só o comprimento final é o mesmo, mas que os fósforos são diferentes.
  • Assimilação, acomodação
  • Nível cognitivo
  • Etc
Observações gerais
  1. Cada nível de estrutura cognitiva corresponde a uma leitura da realidade e um nível de evolução afetiva para estabelecer um vínculo com o objeto.
  2. Cognitivo – Operações lógicas que regulam os intercâmbios com o meio externo, com a lógica correspondente ao estágio cognitivo a que percebe o sujeito.
  3. Diante de determinada situação, o sujeito passará pelos momentos de indiscriminação, objetiva parcial e total, em movimentos de ir e vir. Quando atinge o patamar, pode passar para outro no mesmo movimento.
Entrevista Operativa Centrada na Aprendizagem – EOCA

Nome:                                                                                                              Idade:

Data:        /     /                                          Horário

Observador:

 

 

Anotações Hipóteses

Observações:

 

Outros Modelos:

CONTEUDO_PARA_A_CAIXA_EOCA

EOCA

EOCA_PROCEDIMENTOS_DURANTE_TESTE_DE_PSICOPEDAGOGIA

FOLHA EOCA

E.O.C.A

ROTEIRO DA EOCA

EOCA

Explicações EOCA e Caixa Lúdica

EOCA jORGE VISCA

 

PsiquEasy

Leia ainda: Alfabetização – Atividades para Imprimir

Veja também: Avaliação Psicopedagógica sugestões para Imprimir – Iªparte

12 comentários em “EOCA – Entrevista Operativa Centrada na Aprendizagem

  • 16 de abril de 2018 em 21:58
    Permalink

    Amei as explicações, o material. Obrigada.?

    Resposta
    • 17 de abril de 2018 em 14:50
      Permalink

      Olá Marlene, nós que agradecemos pelo carinho e atenção recebida. Fazemos tudo com muito amor, carinho e dedicação para nossos leitores e clientes. É como nosso querido Mario Sergio Cortella diz: “Faça o teu melhor, na condição que você tem, enquanto você não tem condições melhores, para fazer melhor ainda!”
      Continue nos visitando, toda semana postamos novidades. Beijos e Abraços….

      Resposta
      • 4 de abril de 2020 em 11:49
        Permalink

        Olá, encontrei aqui bastante material para fazer atendimentos psicopedagogicos, precisava começar atendimentos e não sabia por onde começar, mas agora vendo esse material me sinto segura, muito obrigada equipe psiquesy

        Resposta
        • 6 de abril de 2020 em 11:15
          Permalink

          Olá Neli, tudo bem?

          Que bom poder ajudar, toda semana temos novidades. Nós que agradecemos pelo carinho e atenção, saiba que fazemos tudo com muito carinho e dedicação. Abraços carinhosos…

          Resposta
          • 13 de abril de 2020 em 03:22
            Permalink

            Muito obrigada, estou acompanhando direto as publicações e vou adquirir os materiais aos poucos, quero todos 👍👍👍

  • 8 de maio de 2018 em 19:44
    Permalink

    Daliane, vou ficar sempre por aqui, pois estou achando tudo que preciso para iniciar minha prática como psicopedagoga. Deus te abençoe!!!!

    Resposta
    • 9 de maio de 2018 em 10:54
      Permalink

      Olá Simone, estamos felizes por poder ajudar. Fazemos tudo com muito carinho. Sou Psicopedagoga e sei como é difícil conseguir alguns materiais, principalmente no início da profissão. Por esse motivo sempre compartilhamos o que temos com nossos leitores e clientes. Agradecemos a atenção e o carinho, saber que estará sempre por aqui nos da muita alegria e satisfação. Obrigada por ter dedicado um pouco do seu tempo para nos enviar essa belíssima mensagem. É muito importante para nós, pois dessa forma sabemos que estamos no caminho certo, além de nos dar mais animo, para continuarmos com esse trabalho. Beijos e Abraços….

      Resposta
  • 14 de abril de 2019 em 15:12
    Permalink

    Mim ajudou muito a ter mais conhecimento, e sendo assim, desenvolver um trabalho com responsabilidade!

    Resposta
    • 17 de abril de 2019 em 09:25
      Permalink

      Olá Neidjane que bom ter contribuído, estamos a sua disposição. Toda semana temos novas postagens. Conheça ainda não conheça nosso sistema com versão gratuita basta acessar o link https://psiqueasy.com.br são vários testes/materiais. Na versão gratuita tem disponíveis 34 testes/materiais dentre outras excelentes funcionalidades. Qualquer dúvida estamos a disposição. Abraços….

      Resposta
  • 29 de fevereiro de 2020 em 19:05
    Permalink

    Muitíssimo obrigada, Daliane pelos conteúdos!! Estou terminando minha pós graduação em Psicopedagogia, e vc me ajudou muito, pois ainda não posso comprar os livros de Jorge Visca. Deus te abençoe ricamente.!!

    Resposta
    • 4 de março de 2020 em 09:33
      Permalink

      Olá Cristiane, tudo bem?

      Eu que agradeço o carinho. Para mim é muito importante compartilhar saberes com outros profissionais. Desejo sucesso em sua caminhada, conte comigo sempre que precisar. Segue meu e-mail pessoal/profissional: psico@psiqueasy.com.br

      Continue nos visitando, toda semana temos novidades. Abraços

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WhatsApp Chamar no WhatsApp